Porcelanato Fosco: onde e como usar

Sem categoria
Piso de porcelanato fosco em uma biblioteca
Porcelanato: indicado, inclusive, para áreas de alto tráfego

O porcelanato é um tipo de revestimento cerâmico caracterizado pelo seu modo de produção que pode ser usado tanto interna quanto externamente.

São adequados para áreas de alto tráfego enquanto outros são usados em lojas, escritórios e residências. Versáteis, alguns modelos podem, inclusive, revestir bancadas de banheiros e cozinhas por exemplo.

Podemos encontrar o porcelanato de dois tipos: o técnico e o esmaltado. O porcelanato técnico ou toda massa é aquele que, além de possuir alta resistência mecânica, ele não recebe esmalte em sua superfície.

Todo porcelanato técnico é retificado. Isso significa que o acabamento das bordas do porcelanato é totalmente reto, com o objetivo de diminuir a aparência do rejunte entre as placas.

Assim como o técnico, o porcelanato esmaltado também possui alta resistência mecânica. A diferença entre eles, no entanto, é que ele recebe uma camada de esmalte na superfície, como o próprio nome já diz.

O acabamento da superfície pode ser natural, que varia de acordo com o produto. E para as áreas externas os porcelanatos esmaltados, um pouco mais ásperos, evitam quedas em pisos molhados. Ideal para varandas, áreas lazer e piscinas.

Por que utilizar um piso fosco na decoração?

Existem alguns motivos específicos pelos quais as pessoas preferem pisos foscos, além do simples modismo.

Assim como as luzes muito brancas, revestimentos brilhantes dão um aspecto de frieza ao ambiente. O piso fosco, por sua vez, reflete menos luz e torna os cômodos mais acolhedores. Por transmitir uma ideia de elegância, os pisos foscos garantem, por consequência, um toque diferenciado de sofisticação.

Presente tanto no piso quanto no revestimento da parede da área externa.

Onde utilizar o porcelanato fosco?

Por ser um piso disponível em diversas cores e padronagens, ele pode ser utilizado em salas, quartos, cozinhas, banheiros, inclusive nas áreas externas. É possível transitar, portanto, tranquilamente entre as áreas internas e externas. Sendo uma ótima opção para integrar os ambientes. Lembrando que, em ambientes externos ou áreas como a cozinha, com gordura, um piso de textura mais lisa simplifica a limpeza.

Por que escolher o porcelanato e não outros revestimentos?

Existem disponíveis no mercado vários tipos de cerâmica e até mesmo o cimento queimado, que está em alta no momento na decoração. No entanto, nenhum deles supera a beleza, a elegância e a qualidade que o porcelanato proporciona.

É durável, resistente à abrasão e à água, e é oferecido em tons e texturas diferentes. Geralmente é inspirado em elementos naturais como pedra, madeira, cimento e até couro, permitindo a escolha de padrões variados.

Além disso, ele pode ser polido (mais liso, brilhante escorregadio), acetinado ou mate (fosco) ou rústico, geralmente utilizado em áreas externas.

porcelanato parede, piso na cozinha

Assim, sabe-se que o porcelanato fosco é bastante versátil em sua aplicação. Analogamente, combina e traz toda a elegância de um ambiente mais íntimo, sofisticado assim como também acolhedor.

Gostou? Não perca dicas semanais que postamos aqui no blog da Mínimos Detalhes.